Série A2 - Torcida do Guarani compra mais de mil ingressos e promete invadir a Javari

Moleque pega o vice líder em jogo de vida ou morte!

Juventus precisa vencer o Guarani para não correr risco de entrar na zona de REBAIXAMENTO...
A equipe da Mooca comandada pelo técnico Alex Alves, enfrenta na manhã deste domingo na Rua Javari, o Guarani de Campinas, que faz uma belíssima campanha, ocupando a vice liderança da competição.

Faltando apenas quatro rodadas e com um único ponto acima da zona do rebaixamento, o time do professor Alex Alves sabe que não pode nem pensar em empatar essa partida, pois se não somar três pontos pode terminar a rodada nas duas últimas posições.

 Juventus -  'Vou acabar tendo um infarto na beira do campo', Alex Alves



Logo após a derrota para o Taubaté, o técnico juventino lamentou a falta de efetividade dos seus jogadores. ""Estudamos o time deles e sabíamos que se a gente trabalhasse a bola por dentro e ela fosse metida, um dos zagueiros saia para marcar e ficava um buraco. Não foi a toa que nós tivemos quatro ou cinco oportunidades claríssimas, das quais três foram para o gol, e duas - de frente para o goleiro - nós não chutamos a bola. Eu vou acabar tendo um infarto na beira do campo, porque o que a gente mais treina é o trabalho de finalização de fora da área. E eu peço muito: chuta! O campo está molhado e vai criar dificuldade", analisou em entrevista à Web Rádio Mooca, logo após a partida.

No próximo domingo (11), o Juventus recebe o vice-líder Guarani, às 10h, na Rua Javari, pela 12ª rodada da primeira fase do estadual.


Guarani - De olho na liderança do estadual, o Bugre vai pra cima do Moleque.


A campanha positiva na Série A2 empolga a torcida do Guarani em 2018. Prova disso é que todos os 950 ingressos destinados aos bugrinos na partida deste domingo, contra o Juventus, na Rua Javari, foram esgotados logo no primeiro dia de vendas, em Campinas e também online.

LOUZER MANTÉM TIME TITULAR DO BUGRE

Para a partida desse domingo, o técnico Umberto Louzer deve manter a equipe titular do Guarani, que venceu a Inter de Limeira na rodada, passada já que não há desfalques por lesão ou suspensão. O zagueiro Philipe Maia está mantido no setor defensivo ao lado de Fernando Lombardi, deixando mais uma vez Lucas Kal como opção no banco de reservas. O jogador foi bastante contestado no lance que resultou no empate do Rio Claro, há duas rodadas atrás. De qualquer forma, o comandante falou sobre a importância de manter a formação por conta do curto espaço de tempo entre uma partida e outra.
"Sabemos que o Juventus tem uma equipe bastante competitiva e como eles vão jogar pela permanência no Paulista A2 devem vir para cima e temos que tomar cuidado. Apesar das condições adversárias que iremos enfrentar no domingo e do gramado ruim, vamos em busca de nosso objetivo que é os três pontos. Preferi optar pela manutenção do time titular, até pelo pouco tempo de preparação, assim vamos pegando cada vez mais padrão de jogo. A única mudança foi o horário de treino que aconteceu pela manhã, adaptado ao horário da partida que acontece às 10h", disse o Umberto Louzer em entrevista coletiva na manhã dessa sexta-feira.
Até por conta disso, o treinador deve mandar o Guarani a campo nesse domingo, com a seguinte formação: Bruno Brigido; Lenon, Philipe Maia, Fernando Lombardi e Marcílio; Baraka, Ricardinho, Erik e Rondinelly; Bruno Mendes e Bruno Nazário.







Comentários

Anônimo disse…
Não basta ceder instalações da Sede social pra um bando de bêbados comemorar a vitória do Gambá sobre a porcada, agora vão ceder os lugares das torcidas atrás dos gols pro adversário em um jogo de vida e morte contra o Rebaixamento. Meu Deus o que mais falta ao Juventus são JuVENTINOS.
Anônimo disse…
E o que você queria se na nossa camisa está escrito algo como Primeiro de muitos, Segundo de todos.
Anônimo disse…
Nosso Presidente (sic) cedeu uma cota de 1000 ingressos a diretoria do Guarani pediu mais e ele cede 300, vc que esfola a nossa torcida Presidente com ingressos a 50,00 reais, pq vccedeu tantos ingressos para a torcida do Guarani?
Anônimo disse…
A sombra para Juventino custa 50 e no lado do visitante é 20. Parabéns.
Anônimo disse…
Como pode fazer cortesia com o dinheiro do Juventus.
A torcida juventina tem que se manifestar . Absurdo!
Nesse jogo que está a esperança de não rebaixamento.
O presidente fascista é assim. Quer mostrar para os torcedores, associados e conselheiros que se for rebaixado a culpa é do Conselho Deliberativo que desmascarou o esquema fraudulento. Falsidade ideológica. Desvios de dinheiro do clube. Em outras palavras: Roubo.
Até SABOTOU as correspondências que seriam enviadas por correio aos conselheiros, na tentativa de esvaziar a reunião de impeachment nesta segunda-feira dia 12 de março.
Por tudo isso. . Fora fascistas
A torcida deveria usar o refrão: Se gritar pega ladrão não fica um diretor... se gritar pega ladrão não fica um diretor ...
Anônimo disse…
Poderia cobrar 80 reais da torcida visitante e ter limitado a 200 ingressos para eles,alguém quer apostar que amanhã teremos muita confusão e com arbitragem tendenciosa?
Angelo Agarelli disse…
Normalmente, a torcida adversária tem uma cota de 10 % dos ingressos, ou seja, na Javari 400 ingressos.
Anônimo disse…
Nenhum jogo esse ano na Javari, a torcida adversária teve 400 pessoas