FERREIRA PINTO, Histórico e Eterno Presidente do Juventus

Com ele, o Juventus não caía nunca!
E que tal a foto em uma reunião da Federação Paulista de Futebol?
Será que alguém usou a arma?
Hábil como ninguém nos bastidores da Federação Paulista de Futebol, José Ferreira Pinto, o Zé da Farmácia, mandava e desmandava quando o quesito arbitragem entrava em jogo.
Ele assumiu o Moleque Travesso pela primeira vez em 13 de agosto de 1974. Foram várias idas e vindas, e só deixou o clube de vez ao falecer em 1996.
Com algumas queixas pessoais e comemorações coletivas no currículo, Zé da Farmácia é lembrado até hoje como um dos maiores presidente do Juventus, clube que possui um parque aquático invejável.
Uma dúvida não há: se Zé da Farmácia estivesse vivo, o Juventus não teria caído para a terceira divisão do Paulista, como ocorreu em 2009, pela primeira vez desde a fundação, em 1924, sob a administração de Armando Raucci e depois caiu outra vêzes também.
Por Sérgio Quintella, juventino sofredor e editor do Portal Terceiro Tempo.

Comentários

  1. Fábio

    Com todo respeito.

    E por favor não me censure dessa vez, como fez aparentemente em outras em que fiz comentários similares por aqui - isso seria uma atitude ridícula.

    Espero uma resposta coerente sua dessa vez, e não a censura.

    Sinceramente, não sei porque você endeusa tanto o Zé da Farmácia.

    Por mais que as gestões atuais sejam incompetentes, é injusto comparar a situação e disponibilidade financeira do clube agora, com as décadas de 70 e 80.

    Falando apenas do futebol, sob sua longa gestão, o Juventus não venceu nenhum título realmente importante (a Taça de Prata foi muito pouco para um clube que tinha aquele potencial). Não chegou sequer numa única final de campeonato paulista - e caiu sim, em 1991(?), se não estou enganado. Como juventino, também nunca me orgulhei do rótulo de time pequeno e simpático apadrinhado pela federação.

    Lógico que a situação antigamente era diferente:

    1- O Juventus era o maior parque associativo da América Latina e tinha, à sua disposição, um caixa nada desprezível

    2- Existia a "Lei do Passe", que possibilitava aos times pequenos "segurar" bons jogadores.

    De fato, os tempos eram outros, conjunturalmente falando. Com o adventos dos chamados "condomínios-clube" e das grandes academias, todos os grandes clubes da capital se tornaram "elefantes brancos". O presidente Ferreira Pinto e os conselheiros da época sempre privilegiaram a parte social. Nunca o futebol. Todos que viveram a época sabem disso. Com a decadência dos grandes parques associativos por toda São Paulo, não apenas na Mooca, o Juventus também decaiu.

    O preço pelos erros do Zé da Farmácia, aliás, o CA Juventus paga até hoje: pouquíssimos títulos no futebol profissional, e nenhum realmente importante. Consequentemente, nossa torcida, embora fanática, é inexpressiva numericamente falando.

    Vamos focar no presente, pensando no futuro. Sem saudosismo. Pois, nesse caso, não há passado para nos espelhar - a não ser no romantismo que evoca a paixão pelo clube, e está acima de qualquer presidente ou conselheiro.

    ResponderExcluir
  2. Querer ignorar ou desfazer tudo que o Presidente Ferreira Pinto fêz pelo Juventus é lamentavel. Se não fosse o Ferreira Pinto, certamente o Juventus seria apenas um passado e hoje não existiria mais.O Juventus teve poucos títulos é bem verdade, mas que responsabilidade de ganhar ele tinha? Disputavamos o Paulista para não cair e não caia mesmo, pq se não fosse na bola, o Ferreira garantia nos bastidores, alías era um lider e mandava no Futebol Paulista, bem diferente destes coitados que assumiram a presidencia do Juventus depois dele.Fomos campeões da Série B, titulo que o Palmeiras conquistou o ano passado e comemorou muito por sinal.Hoje somos mediocres, sumimos do cenário nacional e praticamente até do regional, que este ano disputamos para não cair para a quarta divisão. Lamentavel. As pessoas quando brilham demais geram nos fracos, o pior dos sentimentos, A INVEJA.

    ResponderExcluir
  3. Eu já vi muita gente escrever abobrinha aqui, mas dessa vez o tal de Batis, superou a todos, acho que tomou Gardenal estragado, ou deve ser membro dessa COMPETENTISSÍMA, KKKKKKKKKK diretoria tampão

    ResponderExcluir
  4. nossa mas o que este blog não faz por um pouco de audiencia né não.
    ficou muito boa a nova parte visual porque os textos daqui jorram sangue

    ResponderExcluir
  5. "Mas que responsabilidade de ganhar ele tinha? Disputávamos o Paulista para não cair(...) " .

    Fábio, obrigado por confirmar tudo o que eu coloquei acima com apenas essas duas frases.

    ResponderExcluir
  6. BATIS anonimo, a responsabilidade era não cair para a segunda divisão, jamais de ser campeão, coisa que a atual gestão não tem a menor competencia, pois esse ano quase foi para a quarta divisão.Voce deve ser um desses ai que estão de plantão para derrubar o Juventus de vêz né?

    ResponderExcluir
  7. Fabio


    Não tenho nada a ver com a diretoria ou com a política do clube, e nem tenho porque defender esse bando de picaretas, mas o fato do presente ser um desastre, não quer dizer que o passado era bom. Até agora estou esperando argumentos sólidos nesse tópico, mas não vi nenhum.

    Acho importante seu trabalho aqui nesse blog (e muito melhor que o blog do Guizão, diga-se de passagem, pois você tem ciência que não vai ser discutindo apenas o técnico e a escalação que o Juventus vai sair desse buraco que se enfiou). Apenas estou pedindo para você parar com esse saudosismo vazio em torno do nosso antigo presidente lusitano.

    Vou me orgulhar o dia que o Juventus brigar para ser campeão da PRIMEIRA divisão. Não para ser um eterno coadjuvante (como era mesmo na época do Zé da Farmácia). Que se espelhe no Ituano (que foi campeão paulista agora com um orçamento relativamente modesto - isso chama-se competência).

    Na época do Zé da Farmácia o Juventus tinha dinheiro saindo pelos ralos e nunca montou nenhum time para garantir um mísero paulista para a Mooca. Por que devemos agora ficar o homenageando? Por que em terra de cego quem tem um olho é rei?

    ResponderExcluir
  8. Blog Moleque é praticamente um Brasil Urgente da Band ou CIdade Alerta da Record no que diz respeito ao Juventus, só trás notícia ruim.

    Pedro Rocha/SP

    ResponderExcluir
  9. Assim que mudar a gestão e passarmos a ter noticias boas, serei o primeiro a divulgar com muita satisfação, é que no momento não tem nada bom acontecendo e faz tempo !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.