Ano termina cheio de incertezas


O C.A. Juventus vai encerrando o ano de 2012 cheio de incertezas, com dívidas bancárias superiores a R$ 1.500.000,00 e com uma receita da sede social cada vez menor, estima-se hoje que o Clube possui apenas 1.600 sócios titulares pagantes, a situação vai ficando bastante difícil.
Esse foi um dos temas muito discutidos na ultima reunião do ano do Conselho Deliberativo, aonde houveram alguns bate-bocas entre os Conselheiros.
O Presidente do Clube tentou explicar o motivo pelo qual o Juventus esta passando, mas ficou um ponto de interrogação em tudo que foi falado.

Esperança de revelar novos talentos
A esperança de vender jogadores para amenizar as dívidas não é muito paupavel, pois é muito díficil fazer previsões sobre possíveis revelações que possam acontecer na base do clube.
Enquanto isso, o que vai acontecer com certeza é o crescimento da divida, que segundo conselheiros informaram, os juros estão aproximadamente em 9,5% a/m, somados ainda a uma previsão de gastos por volta R$ 2.000.000,00 no futebol profissional somente no primeiro semestre de 2013.
Para piorar a situação, o Clube ainda possui uma divida acumulada até 2003 de IPTU de aproximadamente R$ 9.000.000,00, valores impensáveis para o caixa do Clube.
Por essas e por outras é que a Previsão Orçamentaria não foi aprovada pela Comissão responsável e agora somente na próxima reunião é que novas contas serão apresentadas para nova apreciação.

Marketing seria um caminho
As possibilidades do Juventus sair dessa situação difícil deveria seguir o caminho de novos patrocinadores, porém essa hipótese fica quase descartada em virtude da nova diretoria não ter montado até o momento um departamento de Marketing Profissional, que tem sido a salvação dos grandes clubes em termos de novas receitas financeiras e nem sequer ter nomeado oficialmente um único diretor durante todo esse ano.
O Juventus possui efetivamente apenas um único patrocinador, mas que não gera uma receita nem perto das necessidades do Clube.

O QUE ESPERAR PARA 2013?
Em relação ao futebol profissional, fica uma sensação muito forte de pessimismo, pois o que estamos vendo é uma situação no mínimo estranha e de falta de planejamento.
Em 2012 montaram uma equipe de Série A2 para disputar a Série A3 e agora esta sendo montada, por falta de recursos financeiros, uma equipe de Série A3 para disputar a Série A2, o que é um grande risco de voltarmos a Terceira divisão, só que com uma diferença, um caixa no vermelho.
Em relação a Sede Social, não podemos esperar muitas coisas, pois a baixa arrecadação vinda de sócios, não possibilita melhorias nas instalações,como por exemplo, existe uma quadra coberta interditada a quase um ano.
Os Juventinos precisam se unir para ajudar a atual Diretoria Executiva tentar achar uma saída para o Clube o mais rápido possível, pois não podemos admitir que uma instituição tão tradicional como o Juventus tenha um fim melancólico como assistimos nestes últimos dias o Clube Tiete fechando suas portas.

Esperança de uma Virada
Acreditamos na força do Clube e na boa intenção daqueles que o dirigem e por isso desejo realmente que 2013 possa ser o ano da virada e que o Juventus possa  viver novos tempos.
Obs: Todas as informações contidas neste texto são provenientes de declarações de Conselheiros do Clube.
 

Comentários

  1. Orra Meu ! Ih Agora ?
    O que será de nós Juventinos e Mooquenses ?

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber quem são os outros componentes das chapas que concorrerão ao Conselho Deliberativo e em que dia ocorrerá o pleito.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.