Memória - Ferreira Pinto, O Zé da Farmacia !

José Ferreira Pinto  -   Histórico ex-presidente do Juventus


"José Ferreira Pinto faleceu em 1996"
       

     Poderosos Juventinos
Três dos mais poderosos cartolas da história do Clube Atlético Juventus: Américo Egídio Pereira, com terno claro; O presidente, José Ferreira Pinto, "baixinho", ao centro; Mário Previato, com o cigarro entre os dedos. Foto Sarkis Texto " Que fim levou"





  • Com ele, o Juventus não caía nunca!
Hábil como ninguém nos bastidores da Federação Paulista de Futebol, José Ferreira Pinto, o Zé da Farmácia, mandava e desmandava quando o quesito arbitragem entrava em jogo.
Ele assumiu o Moleque Travesso pela primeira vez em 13 de agosto de 1974. Foram várias idas e vindas, e só deixou o clube de vez ao falecer em 1996.
Polêmico, Zé Ferreira Pinto é lembrado negativamente pelo ex-atacante Silva. Em 14 de maio de 1989, num Dia das Mães, Silva fez um gol de bicicleta sobre o Corinthians, no Pacaembu. O sucesso repentino, entretanto, não foi correspondido como o centroavante queria: jogar em uma equipe grande.
Com acordo fechado com o Santos, Silva viu Zé Ferreira Pinto vetar a transferência, sob o argumento de que a oferta não fora boa. Resultado: o tempo de Silva (“o artilheiro de um gol só”) passou e ele praticamente ficou a carreira toda na Rua Javari.
Com algumas queixas pessoais e comemorações coletivas no currículo, Zé da Farmácia é lembrado até hoje como um dos maiores presidente do Juventus, clube que possui um parque aquático invejável.
Uma dúvida não há: se Zé da Farmácia estivesse vivo, o Juventus não teria caído para a terceira divisão do Paulista, como ocorreu em 2009, pela primeira vez desde a fundação, em 1924.

Comentários

  1. O atual presidente do conselho e bi rebaixado como presidente bem que poderia ler este texto para aprender como nãos ser rebaixado.

    ResponderExcluir
  2. O Armando Raucci foi um excelente Presidente na gestão administrativa, no futebol teve a conquista de dois titulos importantes, série A2 E Copa Paulista E AINDA LEVOU O jUVENTUS A DISPUTAR A COPA DO BRASIL.
    MAS FUTEBOL É COMPLICADO, montou um time considerado razoavel para bom mas caiu por duas vezes, talvêz tenha bobeado mesmo ao não perceber que poderia cair, mas no modo geral conseguiu bons resiltados.
    A gestão passada sim foi um grande fiasco, além de não conquistar nada, deixar o clube com prejuizo, não conseguiu sair da série A3.lamentavel!

    ResponderExcluir
  3. quer dizer que pegar o clube na A1 e entregar ele na A3 é uma boa gestão? ahhhh então beleza, como vou discutir...

    ResponderExcluir
  4. Olha, se quiser analisar a gestão Raucci somente por esse ponto de vista, tudo bem...realmente foi ruím, mas para quem sabia o que estava acontecendo com o Juventus, a analise é outra.
    Sob a analise de gestão administrativa, posso te garantir que o Raucci salvou o Juventus da falência e portanto sou grato a ele.
    A analise de uma gestão tem que ser mais ampla, o torcedor analisa resultado dentro do campo, até entendo, mas o Juventus é mais que 11 jogadores. abraço !

    ResponderExcluir
  5. A gestão Raucci proporcionou os 2 maiores vexames da história do Juventus: rebaixamento para a A3 e a contratação de marombados para agredir a própria torcida... Triste ver que existem pessoas que ainda acham que ele fez um bom trabalho...

    ResponderExcluir
  6. O ZÉ DA FARMÁCIA, DEVE ESTAR PULANDO NO TÚMULO DE RAIVA.
    ETERNO JUVENTINO

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.