Juventus empata com o Osasco de Vampeta


 C.A.Juventus  1  x  Grêmio Osasco

Jogo de bom nível técnico
Em uma partida disputada em alto nível, assistida  por um público pagante de 2.200 pessoas, recorde na Javarí este ano, com vários lances de gol para os dois lados, o Juventus terminou empatado em 1 x 1 com o Grêmio Osasco.
Em vários momentos da partida a equipe visitante esteve até melhor,  mas o ataque do Moleque foi mais agudo, chegando mais perto do gol do goleiro Yamada, que por sinal fez uma defesa espetacular no segundo tempo.
O resultado acabou sendo justo pelo que as equipes mostraram nos dois tempos.


Juventino ilustre esteve presente
Pasquale Cipro Neto, ilustre torcedor Juventino, esteve presente na Javari, torcendo muito para a sua equipe de coração, mas dessa vez não conseguiu ver uma vitória do Moleque, mas pelo menos foi presenteado com uma camisa oficial do clube pelo Presidente Rodolfo Cetertick.

Futebol se ganha fora de campo

Ao contrário do que diz a frase, futebol se ganha dentro  de campo, naq verdade temos visto que não é bem assim, pois  com bom relacionamento com comissões de arbitragens, amizades em Federações e dinheiro de patrocinador forte, são elementos importantes, para conseguir resultados antes do jogo começar.
Hoje  pareceu ter sido o caso,  ALEXANDRE BIGAI MIRANDA, arbitro desconhecido e despreparado, mostrou logo de cara que não ia deixar o Juventus vencer essa partida, ao não apitar dois penaltis a favor do moleque quando já estava vencendo por 1 x 0 e principalmente quando apitou de forma insegura ( ficou meio sem jeito) um penalti a favor do Osasco de Vampeta
Foi uma arbitragem vergonhosa, aliás mais uma que veio  aparentemente "encomendada" para prejudicar o time da Moóca ou para ajudar a equipe da Cidade de Deus. e a pergunta que fica...Por que na primeira fase veio apitar o Flávio Guerra e o Rodrigo Braguetto e na fase mais importante vem um ilustre desconhecido?
Vamos ficar de olho nas escalas de arbitros nos JOGOS DO GRÊMIO OSASCO !

Azarão do Grupo 2 sai na frente
O Marilia que  era considerado o azarão do grupo, saiu na frente ao vencer o Guaçuano
por 2 x 0 neste inicio de noite em Marilia. Depois da primeira rodada a classificação ficou assim:
<><> <><> <><> <><> <><> <><> <><><>
CLASSIF.CLUBE   PG    JG
1Marília31
2Grêmio Osasco11
2Juventus11
4Guaçuano01

Agora, fazer pontuação fora de casa virou obrigação
A delegação do Juventus viaja para Mogi Guaçu nesta quarta feira (18), joga a noite às 20h, no Estádio Alexandre Augusto Camacho, contra o  Guaçuano. e após a partida segue viagem para Marília, aonde fica concentrado até o final de semana para pegar o time da cidade.

Comentários

  1. Palhaçada colocaram apenas 2000 ingressos para a torcida do Juventus. Ficaram mais de 400 pessoas sem ingressos do lado de fora. Umas 200 foram embora e as outras ficaram esperando abrir o portão.
    Torcida adversária não pode ficar atrás do bandeirinha, eles ficaram fazendo pressão direto.
    Até quando seremos roubados dentro de casa. Todos os jogos apareceram uns juizes safados para apitar. Quem tá na FPF para ver isso ?
    Torcida foi show, mesmo sem o time estar inspirado. Paulo Roberto

    ResponderExcluir
  2. O Pucci, desculpa, mas não dá pra chorar o leite derramado... 2 coisas que você colocou em questão e que acabam jogando contra a própria diretoria (veja bem, NÃO ESTOU CRITICANDO) mas é uma constatação. A primeira é quanto ao dinheiro: por que até agora o Juventus não tem um patrocínio sequer na camisa e no estádio? Po, o Juventus tem um puta apelo na cidade toda, vira e mexe com reportagens tanto na tv paga como na aberta, publico muito maior que muitos jogos da A2 e estamos no final do campeonato e nada. Assim não da pra reclamar que os outros clubes são mais poderosos. O outro ponto é como a diretoria aceita que árbitros desconhecidos e despreparados pisem no gramado sagrado da Javari para foder com a nossa vida. A diretoria precisa prever que esses merdas sempre vão cagar todo o trabalho e exigir que sejam árbitros experientes e reconhecidos, porque depois do penalti marcado, do gol anulado e dos pontos perdidos, não tem o que fazer...

    ResponderExcluir
  3. Pessoal, mandem email para a Ouvidoria da Federação reclamando das arbitragens do Juventus, Veja o que diz no site da FPF:

    A Ouvidoria também presta serviço aos torcedores, que sempre querem entender o porquê da marcação de um pênalti, de um impedimento ou de um gol em posição duvidosa. De acordo com o artigo 6º do Estatuto do Torcedor, é dever da entidade organizadora da competição dar a oportunidade para que as pessoas aprendam, opinem, discutam e deem sugestões ao ouvidor sobre o regulamento do jogo e campeonato.

    Através do e-mail (ouvidoriadaarbitragem@fpf.org.br) e do disque-denúncia (0800-726-7011), os torcedores podem ter um canal direto de comunicação com a Ouvidoria da FPF para tirar dúvidas, manifestar reclamações, fazer denúncias e, também, dar sugestões a respeito da arbitragem do futebol paulista.

    Vamos fazer a nossa parte !! A diretoria precisa fazer a dela, reclamar oficialmente na Federação


    Paulo Roberto

    ResponderExcluir
  4. Olha, para criticar é preciso conhecer os problemas, falar é fácil.
    Patrocinador para um clube como o Juventus não é fácil, existem muitas propostas, mas com valores muito abaixo do que vale essa camisa com tanta tradição, portanto temos que valorizar mesmo que demora um tempo maior. Estamos a dois meses negociando com uma multi nacional e só teremos a decisão na próxima semana.Se tivessemos vendido para qq um, não teriamos essa oportunidade agora.
    A diretoria não tem a opção de aceitar ou não a arbitragem, isso não existe, o que podemos e temos feito é reclamar, protestar, mas infelizmente depois que não tem mais jeito. Também entendo que o Osasco tem força nos bastidores hoje em dia, por causa do Vampeta, do banco da cidade, mas estamos fazendo a nossa parte, temos tido contato diariamente com a FPF e esperamos que as coisas melhorem.
    Montamos um esquema para ter a nossa torcida no corredor do bandeirinha, mas a PM chegou em cima da hora e desfez o que estava planejado.
    Portanto quero que vcs entendam que tudo que vcs estão vendo estamos também.
    Essa diretoria esta fazendo mais do que pode, tenha certeza disso.

    ResponderExcluir
  5. A decisão da quantidade de ingressos é da FPF, também achamos pouco, mas não liberaram quantidade maior.
    Para o próximo jogo o Juventus vai tomar várias providencias para facilitar a vida do torcedor.
    Ninguem mais que a diretoria tem interesse em colocar o maior numero de torcedores dentro da Javari.
    A diretoria certamente fará novo protesto amanhã contra essa arbitragem no minimo suspeita.

    ResponderExcluir
  6. Acredito que o Juventus tem batalhado muito para tirar esses patetas da Javari! Tanto que, por 2 jogos, dois árbitros de série A-1 foram os encarregados do apito.

    A questão é: Se na primeira fase um árbitro de primeiro escalão apitou, pq na segunda fase colocou um zé ninguém? Isso pra mim é mais mérito do Osasco do que demérito do Travesso. Marilia e Guaçuano também deverão sofrer em casa, fiquem de olho!

    Quanto a carga de ingressos, a única coisa que a diretoria devia ter feito era abrir os portões antes pq a Javari não é um estádio grande com 200 entradas e 400 setores. Tem um portão só, que já acumulava torcedores desde as 13h. Este deveria ter sido aberto pelo menos 13h30.

    Sobre o patrocínio concordo com o Pucci, se for pra colocar qualquer bosta na camisa e se transformar em timeco pequeno do interior melhor deixá-la limpa e bela, até que alguém pague um preço justo para estampar sua marca no manto grená.

    VAMOS SUBIR JUVE!!!

    ResponderExcluir
  7. Pucci, CHEGA DE MENTIRAS

    Ontem mesmo escrevi à ouvidoria da FPF sobre as questões dos ingressos e ontem mesmo eles responderam: Vejam a pergunta e a resposta:
    "Prezado Ouvidor da FPF
    No sábado passado estive na Rua Javari e percebi que havia grande dificuldades de comprar ingressos.
    Pergunto: quem define a carga de ingressos por jogo : o clube mandante ou a FPF ?


    Resposta:
    Boa noite,
    Quem solicita é o Clube mandante do jogo.
    att.
    Domingos Cangiano Filho - Ouvidor FPF
    2189-700 ramal 305

    ResponderExcluir
  8. Que mancanda da Diretoria do Juventus em colocar à venda apenas 2.200 ingressos, será que não sabiam que vinham mais torcedores na 2a fase, sábado à tarde, nosso horário padrão.
    Vamos ver se no próximo jogo em casa tenha pelo menos 4.000, como era de praxe até então.
    Mesmo com esses 2.200, fomos o time que mais público levou entre as Série A2 e A3 e alguns jogos da A1.
    Depois dizem que não temos torcida.
    Dá-lhe Juve!!!

    ResponderExcluir
  9. Ta certo que temos apelo e que devemos nos valorizar, porém esperar até quando? Depois que acabar o compeonato será tarde demais para alguem querer expor a marca num time que a maior exposição seria o campeonato porem sem ter jogos. Coisa de louco

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.